quarta-feira, 29 de junho de 2011

BORDADNDO



Bordado sobre linho aquarekado e feltragem.

EQUIPE DA LOJA PANINHO CHIC



Equipe da loja Paninho Chic na feira de patch, no Frei Caneca.Venha nos visitar!

terça-feira, 28 de junho de 2011

sábado, 25 de junho de 2011

LATERAL DO CHAPÉU



Mostrando a lateral do chapéu. Feltragem Tania Stahl Bordado Sonia Bianco

TRABALHO CONJUNTO



Chapéu feltrado por Tania Stahl e bordado por mim.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Gorro para Rafaela



Sempre que viajo, levo um trabalho para ir fazendo no caminho, pois cinco horas dentro de um carro...ninguém merece!Esse gorrinho foi feito na viagem de volta e na ida, fiz o branco, que esqueci de fotografar.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

NOVO TRABALHO


Base para um bordado novo, testando e desenvolvendo técnicas.
Lã de merino feltrada em linho aquarelado, esperando os pontos de bordado.

quarta-feira, 15 de junho de 2011

WORKSHOP


No dia 5 de Julho, haverá no Atelier Paninho Chic um workshop de feltragem com a TANIA STAHL, acho que você não deveria perder! Há muitas maneiras de usar a feltragem.
Vá lá conferir!

NOVAS CRIAÇÔES



Meu objetivo é estar sempre buscando algo novo para minhas criações.
Recentemente tive contato com as lãs de merino e imaginei que o bordado sobre elas ficaria lindo.
Pela internet andei buscando essa técnica nova para mim e comecei a dar tratos à bola.
Nessas idas e vindas pela internet, descobri a Tania Stahl e fui buscar contato com ela, que gentilmente e prontamente, atendeu-me e deu-me algumas noções básicas.
Tenho "dedilhado" alguns recursos e percebi que há muitas coisas possíveis de se realizar com essa lã maravilhosa.

domingo, 12 de junho de 2011

Almofadas para a feira S.Paulo Patchwork Design



Trabalhos para o stand da loja e atelier Paninho Chic, na feira que se realizará de 30 de Junho à 2 de Julho, no Shopping Frei Caneca.Espero a visita das amigas.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

EM CONSTRUÇÃO


Em um workshop com Marilu Dumont, depois do aquecimento, ela sugeriu que desenhássemos um quintal da nossa memória, um quintal imaginário ou mesmo um quintal do futuro.
Como tenho muito vivo em minha memória ( com muita saudade e amor) o quintal da chácara da minha avó Eliza, onde minha prima Vera e eu passamos horas inesquecíveis onde fazíamos todos os tipos de brincadeiras e estripulias; não podia deixar de desenhá-lo para depois bordá-lo.
Ainda estou bordando-o mas a vontade de compartilhar foi tanta, que resolvi mostrá-lo assim mesmo, sem acabá-lo.